Arquivo | Azul- Alentejo RSS feed for this section

Leite Creme Queimado de Barrancos

6 Maio

Receita:

Ingredientes:

  • 1 l leite
  • 6 gemas (preferencialmente de ovos caseiros)
  • 7 col. sopa açúcar
  • 4 col. sopa de farinha de trigo sem fermento
  • 1 casca de limão

Preparação:
Leva-se o leite a ferver com a casca de limão. Entretanto bate-se o açúcar com as gemas e a farinha (pode pôr-se um gole de leite para ser mais fácil de mexer). Quando o leite ferver, junta-se ao creme lentamente, mexendo sempre. Põe-se a mistura no tacho onde se ferveu o leite e leva-se a lume brando até levantar fervura, sem parar de mexer.
Coloca-se numa travessa, polvilha-se com açúcar e queima-se com ferro próprio.

Lampreia de Amêndoas

5 Maio

Receita:

Ingredientes:

  • 1 cereja em calda
  • 1 figo cristalizado
  • 1 kg de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de açúcar em pó
  • 2 ovos
  • 20 gemas
  • 3 claras
  • 3 gotas de sumo de limão
  • 5 dl de água
  • amêndoa q.b.

 

Preparação:

Misture as gemas com os ovos e bata levemente, passando-os depois por um passador de rede, mas sem forçar. Deite o açúcar e a água num tacho largo, deixando ferver em lume brando durante 8 minutos exactos. Junte 2 das claras batidas e retire-as depois de cozidas (serve apenas para provocar espuma no açúcar).

Leve de novo a calda ao lume, deite porções de gemas de ovo num funil e deixe cair em fios sobre o meio do tacho, onde o açúcar forma a espuma. Deixe ferver 30 segundos, mexa com cuidado, vire-os, retire com uma escumadeira e escorra. Repita a operação até gastar 2/3 das gemas. Sempre que retirar os fios de ovos, junte 2 colheres (sopa) de água no açúcar, de modo a manter o ponto. Quando já tiver feito os fios de ovos com 2/3 da massa, deite 1 decilitro de água na calda do açúcar, deixe ferver e retire as impurezas com uma escumadeira. Reduza o lume ao mínimo possível para manter a fervura e deite uma colher (sopa) de gemas, que começarão a alastrar, formando uma espécie de crepe (que ao princípio deverá ser transparente). Com uma colher, empurre para os lados, para obter uma capa fina e deixe cozer lentamente até ficar mais opaca e brilhante. Com cuidado, ponha a escumadeira por baixo, levante a capa, vire-a e deixe-a cozer desse lado (se não a conseguir virar, carregue apenas ligeiramente para baixo, para que a parte de cima coza). Retire, ponha num prato e repita até acabar as gemas. Coloque 1/3 dos fios de ovos num prato, dispondo-os do feitio da lampreia. Cubra com as capas e ajeite, dando-lhes forma e tendo o cuidado da capa da cabeça ser mais rija do que a do corpo. Molde a boca com uma tesoura e coloque um gomo de figo cristalizado com a casca virada para fora a fazer de língua da lampreia. Espalhe o resto dos fios de ovos em volta, formando um círculo com a lampreia no centro. Com o açúcar em pó, a ½ clara restante e sumo de limão prepare o glacê real e decore a lampreia com ele. Corte a cereja ao meio e ponha as duas metades a fazer os olhos da lampreia. Com o glacê, desenhe a boca, os lábios (contornando o figo), os olhos (em volta das cerejas) o lombo, os contornos? Coloque as amêndoas nos fios de ovos que envolvem a lampreia.

Pasteis de Santa Clara

5 Maio

Receita:

Ingredientes:

  • 9 unidade(s) de gema de ovo
  • 250 gr de farinha de trigo
  • 100 gr de manteiga
  • quanto baste de sal
  • 250 gr de açúcar União
  • 1/2 copo(s) de água
  • 100 gr de amêndoas
  • quanto baste de açúcar de confeiteiro Glaçúcar União

 

Preparação:

Leve ao fogo o açúcar e a água, deixando ferver até formar uma calda espessa. Retire do fogo, e coloque as amêndoas (sem pele e moídas), as gemas batidas ligeiramente, mexendo vigorosamente para não talhar. Volte ao fogo, e sem parar de mexer, deixe engrossar até aparecer o fundo da panela. Deixe esfriar. Sobre a mesa misture a farinha, a manteiga e 3 colheres de água (se precisar, coloque um pouco mais). Amasse com a mão e estenda a massa bem fina. Corte a massa em rodelas e recheie com o creme de ovos. Feche a massa, com as mãos umedecidas. Asse em forno médio por cerca de 20 minutos. Retire do forno e polvilhe o açucar de confeiteiro.

Azevias de Grão

5 Maio

Receita:

Ingredientes:

Recheio:

  • 200 gr de grão
  • 1 pitada de sal
  • 6 gemas
  • 1 colher de sobremesa de canela
  • Raspa de ½ limão
  • 60 gr de amêndoa moída


Calda:

  • 1/2 dl de água
  • 125 gr de açúcar


Massa:

  • 250 gr de farinha
  • 2 ovos
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de banha
  • Água morna e sal q.b.
  • Óleo para fritar
  • Açúcar e canela para polvilhar


Preparação:

Recheio: Coza o grão em água temperada com uma pitada de sal. Escorra e passe pelo passe-vite e reserve.

Calda: Leve ao lume o açúcar com a água, até atingir o ponto de fio. Separe as claras, bata as gemas e verta-lhes a calda em cima, em fio, sem parar de mexer. À calda, acrescente a canela e a raspa de limão, mexa e junte o puré de grão e a amêndoa. Leve a mistura a lume brando, mexendo até engrossar. Retire e deixe arrefecer.
Massa:
Misture a farinha e os ovos inteiros à manteiga e à banha. Enquanto amassa acrescente água morna, até obter uma massa boa para tender. Estenda a massa sob uma superfície enfarinhada até que fique com uma espessura fina. Disponha montinhos de recheio frio (cerca de uma colher de sobremesa) e dobre a massa por cima (tipo rissol). Com uma serrilha ou boca de um copo, corte a massa como se fossem rissóis. Frite as azevias em óleo bem quente, de ambos os lados. Escorra sobre uma rede e ainda quentes passe-as por açúcar e canela, dispondo-as numa travessa de serviço

Areias

2 Maio

“História”:

            As areias datam do início do século ou até de um período anterior, dado que se ignorar a data exata em que começaram a ser confeccionadas. São ótimas para acompanhar um café depois de uma refeição, na hora do chá ou simplesmente para “entreter a boca”.

Receita:

Ingredientes:

  • 300 g de farinha
  • 200 g de manteiga
  • 100 g de açucar

Preparação:
Misturam-se todos os ingredientes (a manteiga convém estar á temperatura ambiente e cortada em cubos pequeninos) até a massa formar uma bola que despegue do recipiente. Fazem-se bolinhas pequeninas e com um garfo calcam-se ligeiramente. Leva-se a forno médio 10 a 15 minutos. Depois de tirar do forno e ainda quentes passam-se por açucar e canela.

Pinhoada

2 Maio

Receita:

Ingredientes:

Para a massa:

  • 100 g de açúcar
  • 200 g de farinha
  • 100 g de manteiga;
  • 1 ovo inteiro
  • 1 colher (chá) de fermento

Para o creme:

  • 125 g de manteiga
  • 100 g de açúcar
  • 3 colheres (sopa) de leite
  • Pinhões

Preparação:
Bate-se a manteiga com o açúcar e junta-se o ovo. Leva depois a farinha e o fermento. Vai ao forno numa forma de tarte e a meio da cozedura deita-se por cima o creme. Para fazer o creme: 125 g de manteiga batida com 100 g de açúcar; 3 colheres de sopa de leite e uma mão cheia de pinhões (ou amêndoas cortadas às tiras). Põe-se o creme por cima e deixa-se acabar de cozer.

Orelhas de Abade

2 Maio

Receita:

Ingredientes:

  • 500 grs. de farinha de trigo
  • 8 ovos
  • 60 grs. de manteiga sem sal
  • 15 grs. de fermento de padeiro
  • Óleo q.b. para fritar
  • mel líquido q.b. ou calda de açúcar
  • canela em pó q.b.

Preparação:

Amassa-se tudo muito bem e deixa-se levedar durante 2 horas. Passado este tempo deita-se a massa numa mesa polvilhada com farinha, e com o rolo estende-se até ficar muito fina. Corta-se do tamanho que se quiser e fritam-se em Óleo quente, dando-lhe então com um garfo a forma de uma orelha. Depois de fritos passam-se por mel líquido, ou calda de açúcar e polvilham-se com canela.

Bolo Podre

2 Maio

Receita:

Ingredientes:

  • 5 Ovos
  • 350 gr de açúcar amarelo
  • 1 Colher de (sopa) de mel
  • 1 Colher de (sopa) de azeite
  • 21/2 Dl de leite gordo
  • 1 Colher de (sopa) de banha
  • 1 Colher de (sopa) de manteiga
  • 1 Colher de (chá) de raspas da casca de limão
  • 1 Colher de (chá) de canela em pó
  • 300 gr de farinha de trigo com fermento
  • Manteiga e farinha para untar e polvilhar a forma
  • Açúcar em pó

Preparação:

Unte com manteiga uma forma redonda com chaminé ao meio e polvilhe-a com farinha. Acenda o forno antes de começar a bater o bolo. Bata os ovos com o açúcar peneirado, até obter uma gemada cremosa. Junte o azeite, o mel, o leite, a banha e a manteiga amolecidas em banho-maria, sem parar de bater a massa. Aromatize com raspas de limão e canela. Por fim, junte a farinha peneirada, misturando-a sem bater. Deite a massa na forma e leve ao forno a cozer.

     Passados 40 minutos, verifique se o bolo está cozido. Deixe arrefecer, desenforme e polvilhe com açúcar em pó.

Coscorões

2 Maio

História:

     Pensa-se que este doce seja de origem mourisca, tendo sido introduzido na Europa pelos cruzados. Por ser um doce com alguma resistência ao tempo, era expressamente feitos para longas viagens, principalmente na idade média. Este doce podia ser regado com  mel ou sal.

     Hoje em dia é um doce tipicamente natalício de muitas regiões do país de onde se destacam o Alentejo, Beira Baixa e Trás-os-montes.

     Podem ser quadrados, redondos ou triangulares mas fazem parte da nossa tradição e raramente faltam numa mesa de natal portuguesa.

Receita:

Ingredientes:

  • 30 gr Fermento de Padeiro
  • 1 dl Leite Morno (100 ml)
  • 500 gr Farinha de Trigo
  • 4 colheres de sopa de Aguardente
  • Raspa de 1 Laranja
  • 3 Ovos
  • Farinha;Óleo ou Azeite q.b.
  • Açúcar e Canela

Preparação:

Dissolva o fermento de padeiro no leite morno e junte-o à farinha. Amasse bem e adicione a aguardente, a raspa da laranja e os ovos. Amasse mais um pouco (se necessário vá adicionando mais farinha) de maneira que fique bem ligada. Deixe a massa levedar até obter o dobro do volume. De seguida, estenda a massa numa superfície polvilhada com farinha e corte os coscorões. Quanto mais fina ficar, mais estaladiços ficam os coscorões. O tamanho e forma dos coscorões depende do seu gosto. Frite-os em óleo ou azeite  bem quente e deixe-os escorrer em papel absorvente. Num prato, coloque açúcar e um pouquinho de canela a seu gosto. Passe os coscorões nesta mistura e coloque-os num prato de servir.

Pampilho

2 Maio

História:

     Este é um doce ribatejano muito popular, a sua forma e nome prestam homenagem aos campinos da região, que para conduzir o gado utilizam uma vara comprida a que chamam, exactamente, de pampilho.

Receita:

Ingredientes:

  • 250 gr de açúcar;
  • 250 de margarina;
  • 2 ovos inteiros;
  • 600 gr de farinha;
  • ovos moles (4 gemas, 4 c.sopa açúcar, 6 c. sopa de agua.vai tudo ao lume até engrossar);
  • canela.

Preparação:

Mistura-se o açúcar com a margarina amolecida e os ovos. Junta se a farinha e trabalha-se a massa energicamente. Estende se a massa com rolo enfarinhado, corta se em rectângulos e recheia se com ovos moles e polvilha se com canela. Enrolar os pampilhos, pincelam-se com gema de ovo e vai ao forno.