Gargantas de Freira

2 Maio

História:

     Francisco Muñoz Gomes (Paco), um espanhol que vivia em Lisboa, ao vir viver para a Covilhã, abriu a “Pastelaria Lisboa”, no início deste século. Então criou este doce, dizendo que era uma receita proveniente de um convento e daí o nome “Gargantas de Freira”. Este leva fios de ovos enrolados em capa de hóstia.

Receita:

Ingredientes:

  • 1 folha de obreia (hóstia)
  • 1 chávena de fios de ovos
  • 200 g de açúcar
  • 1 dl de água

Preparação:

Corte a obreia em nove rectângulos. Com os fios de ovos faça 9 charutinhos com o comprimento dos rectângulos de obreia. Leve o açúcar ao lume com 1 dl de água e deixe ferver até fazer ponto de pérola. Passe os charutinhos de fios de ovos pela calda de açúcar e escorra.
Coloque cada charutinho de fios de ovos sobre cada rectângulo de obreia e enrole em forma de charuto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: